Skip to content


hahahahahaha

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Ordem unida

Já tinha dito: empresa que tem general não vai pro pau. Mas vocês não acreditaram, né?

Pois saibam que hoje o general Santos Guerra, diretor de Operações do Serpro, aproveitou o sistema de videoconferência da empresa e tranquilizou a “tropa”.

Em português bem claro disse que o “boato de corredor” da privatização ou extinção da empresa não procede, que ela está bem, e ainda vai crescer e durar muito, com algumas mudanças de foco.

Tá aposto no general, mas tratar a questão como “boato” é um tanto demais.

Será que eu preciso republicar a singela gravação de alguns segundos do locador de veículos e Secretário de Privatização, Salim Mattar, anunciando que é autoridade do Ministério da Economia e nessa pasta Serpro, Dataprev, IRB e Casa da Moeda vão pro pau?

Eu entendo que o general esteja no papel dele de tranquilizar a tropa, que está em pânico geral e com toda a razão. Mas o general poderia, por exemplo, me conceder uma entrevista, para deixar bem mais claro os rumos do  Serpro no Governo Bolsonaro e reafirmar que no seu teatro de operações o secretário Salim não tomará a ofensiva.

Aliás, se tivesse de apostar no tanque de guerra do general ou naqueles carrinhos xumbregas que o Salim costuma empurrar nos consumidores, nem teria o que discutir, né?

O que eu to preocupado mesmo é com a Dataprev. Lá a moça ainda não assumiu e o milico de mais alta patente é um capitão reformado. Não confundam com o Bolsonaro porque esse foi eleito. To falando é do Leandrão do PDV. Por esse eu não ponho a mão no fogo.

*Ahhh quase que acabo me esquecendo: deu confusão e subiu mesmo no telhado a nomeação de Caio Mario Paes de Andrade, para a presidência do Serpro. Alguém se habilita?

Cadê Glorinha, hum?

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Política.


Estado mínimo

Novo contratinho faraônico da Microsoft, já na era Bolsominion, que é defendido por quase todo empresário do setor. Se melhorar até estraga, não é mesmo Jorge Sukarie?

*É tanto 9999999 seguido ao lado do outro, que quase eu perco o rumo de casa.

CENTRO DE SUPORTE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO DO RIO DE JANEIRO
EXTRATO DE TERMO ADITIVO
TERMO DE CONTRATO Nº 0039-OS/2019/0001. CONTRATANTE: INFRAERO. Representante: Edson Donizette Boldezan, Superintendente de Tecnologia da Informação – DSTI. CONTRATADA: BRASOFTWARE INFORMÁTICA LTDA – CNPJ 57.142.978/0001-05. Repres. Ariane Andrade dos Santos. OBJETO: Contratação de Empresa para fornecimento de licenciamento de Software da Microsoft na modalidade EAS (Enterprise Agreement Subscription), incluindo os benefícios do Software Assurance. Valor Global: R$ 34.749.999,99. Prazo: 36 meses, contados a partir da emissão da Ordem de Serviço. Contratação decorrente do Pregão Eletrônico Nº 121/LALI-7/SEDE/2018. Recursos Próprios. Cód. Orçamentário: 156.311.05.014-3/20118-3. Data da Assinatura: 14/02/2019.

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Política.


Ócio remunerado

O ex-conselheiro da Anatel, Rodrigo Zeerbone ( foto), acaba de ser nomeado “Subsecretário de Capital Humano da Secretaria de Políticas Públicas para o Emprego, da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia.

Não deverá ter muto trabalho nessa área. Se forem cumpridas as metas de Salim Mattar, de privatizar todas as estatais do Ministério da Economia, não haverá muito “capital humano” para Zerbone se preocupar nessa pasta.

*Estimo que cerca de uns 14 mil, mais ou menos, deverão seguir para a fila do desemprego, só com a degola que Mattar pretende fazer no Serpro e na Dataprev.

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Aqui entre nós e que ninguém nos leia

Se continuar essa treta governamental no Twitter, o Amoedo pode pedir recontagem de votos que desta vez ganha.

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Papo reto

Quando um petralha da Dataprev resolve me ofender em rede social, fico feliz de saber que estou no caminho certo.
 
É sinal de que esse blog, criado há mais de 10 anos, vem cumprindo o seu objetivo: fazer jornalismo doa a quem doer.
 
Podem xingar, espernear, ter espasmos musculares, ou até fazer greve de fome dentro da sala cofre. Nada disso irá mudar uma linha sequer do que escrevi.
 
*Entendeu cumpanheiruuu?

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


O que faz uma estatal jogada na bacia das almas da privatização?

Contrata sem licitação – dispensada por uma lei que beneficia esse tipo de farra em empresas estatais – um “gestor de crise de imagem e de comunicação institucional”. Pelo menos essa é a estratégia da Ceitec S/A, ao custo de R$ 46 mil e vigência de contrato até o próximo dia 10 de abril.

E isso vai servir para quê no processo de degola de uma empresa deficitária, cuja única função, segundo o Ministério da Economia, seria o de intermediar a venda de um chip que sequer foi fabricado por ela?

Perguntem ao ministro-adjunto da Ciência e Tecnologia Júlio Semeghini, responsável pela tentativa de sobrevivência dessa empresa de faz de conta, que até a Controladoria Geral da União quer ver pelas costas.

*Esse Blog adora uma “Gestão de Crises”, mas desde já avisa: se tiverem juízo, não me liguem.

CENTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA ELETRÔNICA AVANÇADA S/A
EXTRATO DE CONTRATO Nº 9/2019 – UASG 245209
Nº Processo: 01213000893201979.
DISPENSA Nº 9/2019. Contratante: CENTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA -ELETRONICA
AVANCADA S.A. CNPJ Contratado: 06191835000152. Contratado : BARRIONUEVO
JORNALISTAS ASSOCIADOS.  Objeto: Serviços de diagnóstico e planejamento em
gerenciamento de crise de imagem e comunicação institucional. Fundamento Legal: LEI
13.303/2016. Vigência: 11/02/2019 a 10/04/2019. Valor Total: R$46.000,00. Fonte:
100000000 – 2019NE800054. Data de Assinatura: 11/02/2019.

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Política.


Definitivamente…

O Mourão é o adulto na sala.

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Vai por mim

Deixa eu dar uma consultoria “di grátis” para o povo da Dataprev, sobre o seu abaixo assinado contra a privatização da empresa.
 
1 – “Oposição propositiva à privatização da Dataprev” é o karaleo. Esse povo ungido pelo ZapZap não vai entender porra nenhuma. Tentem algo mais simples, tipo: “Privatização da Dataprev é a PQP, taoquei”?
 
2 – Não mandem para o Bolsonaro e o Mourão. Vocês têm de aprender a escolher o amigo e o inimigo, os dois não dá.
 
3 – Tem muita gente que ainda não assinou. Ou todos assinam, ou o PDV vai começar por essa lista. Taoquei?
 
*De resto, coloquem tachinhas na cadeiras dos Bolsominions confessos. hahahahaha

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Cada doido com a sua mania

Dilma, por exemplo, preferia o PowerPoint e o Gmail.
Dizer o quê, né?

Bolsonaro ignora Abin e usa WhatsApp para comandar governo no Brasil

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Ufa! pensei que não conseguiriam, mas…

Conseguiram achar uma distração para o ministro Marcos Pontes, enquanto o ministro-adjunto, Julio Semeghini, toca assuntos menos edificantes para o porte de um astronauta, como a privatização de duas estatais da pasta (Telebras e Ceitec) além de uma agência de fomento à Inovação (Finep), por exemplo.

Eu sei que o astronauta não gosta de misturar Ciência e Tecnologia com religião, mas creio que dessa vez posso dizer com toda a certeza: Deus escreve certo por linhas tortas.

*Vai Pontes, cuida do nosso lixo tecnológico, salve o planeta que só você viu lá de cima, quando participava do governo do PT!

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Da série: bancos públicos “ineficientes”

Banco Central desenvolverá plataforma nacional de pagamentos instantâneos

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Política.


Me julguem mais uma vez mas…

Se c…! piscando no Serpro, Dataprev, BB Tecnologia e Telebras gerasse energia, tudo junto, aí virava uma Itaipu.

*Morri. hahahaha

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Me julguem, mas eu não resisto a piada

Se c…! piscando gerasse energia, o Serpro já tinha virado uma hidrelétrica.

*Podem me bater agora, eu mereço. hahahahaha

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.


Para os Bolsomínions da TI do BB e da BB Tecnologia, com muito carinho, taoquei?

Se BB fosse privatizado seria mais eficiente, diz presidente do banco

Publicado em Coluna Capital Digital, Política.



Web Analytics