Skip to content


Oferta da semana: vende-se o Brasil

Serpro, Dataprev, BB Tecnologia, Telebras e Ceitec. Todas as estatais de TICs estão na lista das empresas que deverão ser privatizadas pelo Governo Bolsonaro, segundo informou a jornalista Bruna Furlani do site Seu dinheiro.

Mas o desejo de acabar com o setor público é bem maior do que se pensa. Os caras não pouparam nem agências de fomento e de pesquisa, que por longos e duros anos lutaram para conseguir desenvolver projetos próprios. Também estão na lista “estatais” como a Finep – Financiadora de Estudos e Projetos, responsável pela Inovação brasileira e, pasmem, a Amazul – estatal da Marinha, cuja principal missão foi desenvolver o submarino nuclear brasileiro.

Bruna Furlani publicou toda a relação das estatais que irão para o brejo, com base na apresentação de Salim Mattar, o  “locador de veículos”, dono da Localiza, que passou a ser conhecido como o Secretário das Privatizações do Governo Bolsonaro. A apresentação foi feita em janeiro desse ano no seminário denominado “Latim Investment Conference“.

Segue a relação e sentem-se, porque além do setor de TICs que provavelmente terá o foco de atenção de vocês, não dá para passar despercebido que iremos perder todo o patrimônio construído ao longo dos anos no setor de Petróleo. A Petrobras irá vira pó de mico no mercado internacional.

*Parabéns aos eleitores de Bolsonaro, que votaram para que um locador de veículos vendesse o Brasil.

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Na Imprensa, Política, Telecom.


Web Analytics