Skip to content


Longe do coração

O presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, cedeu um, dentre os milhares de “especialistas em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações” que dispõe, para ir trabalhar no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações. Provavelmente vai trabalhar na área da Secretaria de Telecomunicações, a portaria não informa.

O ônus salarial fica com a Anatel e o funcionário, que eu não cito o nome porque depois ele se vinga e corta a minha linha do celular, ficará no MCTIC por tempo indeterminado. O que significa que será pelo tempo que o padrinho dele mandar nesse governo.

*Soube que o presidente da Anatel chegou a esboçar lágrimas no canto direito dos olhos ao assinar essa portaria. É que o coitado é muito apegado aos funcionários da agência. Ceder e demitir não é com ele, né Euler?

Publicado em Coluna Capital Digital, Política, Telecom.


Web Analytics