Skip to content


Despetização voluntária

Acabou de desaparecer um “memorial” montado ao longo dos anos na regional do Serpro, em Porto Alegre.

Num dia tava lá e, no outro, PLUFT! sumiu!!!

(Não esquece de clicar nas “fotinhas”)

Ele continha uma série de fotos, tiradas nos áureos tempos em que a petralhada se instalou na regional da estatal gaúcha, para executar o desenvolvimento do “trenzinho do Mazoni”, a plataforma em software livre de comunicação com e-mail, Expresso, se lembram?

Tempos de Glória (não me refiro à Glória Guimarães) que não voltam mais.

Ninguém sabe como foi, mas desde que o presidente “Biroliro” assumiu mandando “despetizar” a área, tá um “barata voa” em tudo que é canto do país. E não seria diferente no Serpro.

Aí vocês me perguntam: mas ainda tinha petista na estatal?

Gente, petista, peemedebista, cirista, bolsominion é que nem piolho em cabeça de “piá”, tem em abundância…

O que não falta é alguém pendurado em algum partido.

* Agora que o bafo quente começou a chegar no cangote da petralhada, o negócio é desaparecer com as “provas” e se fingir de morto. Nem que seja escondido numa sala cofre (hahahahaha)

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Política.


Web Analytics