Skip to content


Prova de “conceito”

Hoje o Ministério do Planejamento, etc e tal deve reabre a sessão do pregão eletrônico 29/2018, que visa contratar um serviço de nuvem.

O pregão parou com a Primesys/Embratel, com carona da Amazon Web Services  cotando o melhor preço da licitação. Que caiu de R$ 71 milhões (preço estimado em edital) para R$ 29,9 milhões.

Com muita boa vontade não levanto nesse momento a hipótese de haver “dumping” nesse momento, além de tantas outras “inconsistências” que esse edital já produziu nos bastidores nos últimos meses.

Coisas que me levam a crer que o “conceito” deste ministério em vias de ser extinto, perante o mercado, não é nada bom.

Vamos aguardar, né?

Publicado em Coluna Capital Digital, Informática, Internet, Política.


Web Analytics